seg/06/20

7 dicas de como inovar seu negócio e voltar a vender

Se você faz parte do mundo do empreendedorismo, descobrir como inovar seu negócio é um princípio de extrema utilidade para a sobrevivência. O gestor que descarta a utilidade da inovação pode estar perdendo rios de dinheiro. 

Há muita mistificação em torno de um assunto que, no fim das contas, é mais simples do que parece. Pensar fora da caixa tem a ver com apostar em soluções novas de acordo com o comportamento dos consumidores.

Apesar da simplicidade da premissa, muitos empreendedores ainda têm dificuldade na hora de passar a teoria para a prática.

No post de hoje, vamos mostrar o que é necessário para a transformação. Você está pronto para anotar 7 dicas incríveis de como inovar seu negócio de forma prática? Então vamos lá!

1. Entenda que inovação é diferente de invenção

Sabe aquela imagem de um empresário trancafiado em um laboratório arquitetando novas tecnologias num mundo de ideias paralelas? Precisamos te dizer que inovação não tem muito a ver com isso.

Na prática, esse conceito não tem necessariamente uma conexão com a tecnologia. Existem até mesmo exemplos de empresas que enxergaram na inovação do atendimento uma oportunidade para a criação de um diferencial competitivo.

O termo inovação não deve se prender à interpretação voltada apenas para a tecnologia. Pelo contrário. Amplie seus horizontes, estude o seu próprio negócio e descubra o que fazer para melhorá-lo.

Para além de criar algo novo, entenda que o ato de inovar pode estar ligado a tudo que possa ser pertinente e consequentemente lucrativo.

Uma boa dica para começar a pensar no assunto é fazer perguntas a si mesmo. Tente responder perguntas como: 

  • Por que quero inovar meu negócio?
  • Como posso melhorar o que faço?
  • Em que meus produtos e serviços podem melhorar para se tornarem mais competitivos? 

2. Pense fora da caixa

Com a expansão das possibilidades desenhadas em formatos de aplicativos para celulares, é comum observar empreendedores mais jovens concentrados em ter ideias voltadas para redes sociais, relacionamento, bares, etc. 

Um bom administrador é aquele que consegue sair da sua própria zona de conforto e perceber a realidade das outras pessoas. Existem inúmeras oportunidades em problemas não-resolvidos. Porém, é necessário desenvolver empatia e diversificação.

Esteja atento ao mercado e procure notar as carências que estão em jogo. Desse jeito, você estará mais perto de concluir os itens que preenchem os espaços da demanda. Passe a encarar os problemas como oportunidades para quem deseja criar soluções, tanto para pessoas quanto para empresas. 

Quem está sempre projetando maneiras de inovar tem muito mais chances de emplacar ideias eficientes do que aquele que espera o momento mágico em que uma epifania surgirá. Por isso, abra sua mente para ideias constantes.

3. Ofereça experiências sensoriais

Se você ainda não teve a ideia útil que tanto espera, mas continua recebendo clientes em sua loja, fábrica ou escritório, que tal dar a eles uma experiência emocionante? Acredite, esse pode ser o caminho da inovação.

Explorar as emoções dos seus clientes é a sua oportunidade para criar uma atmosfera inovadora. Aposte em transformar o seu ambiente em um lugar agradável, mesmo que ele seja online.

Em ambientes físicos, você pode utilizar descansos de luz, mobília criativa, aplicação de aroma personalizado, som agradável e tudo o que combinar com o seu público. Em websites, estude as tendências do mercado digital e tente acompanhá-las. Ambientes cleans e tipografias ousadas estão na moda.

Faça o possível para despertar boas sensações ativando os sentidos dos clientes. Quanto mais você utilizar a sua imaginação, mais percebida sua empresa será.

4. Invista em conhecimento

Como inovar seu negócio sem valorizar o conhecimento? Nos dias de hoje, as desculpas para quem não quer se lançar nos estudos estão bem escassas. Afinal de contas, existem inúmeras alternativas de cursos online. Eles podem ser acessados por dispositivos móveis, em qualquer local com Internet.

Os preços também não limitam mais o empreendedor que quer estudar, já que a web está lotada de opções econômicas e até mesmo gratuitas. Basta querer.

Outra forma prática de inovar é por meio do investimento em treinamento de funcionários. Além de apresentar novos produtos e serviços para o seu cliente, aumentando o leque de possibilidades da empresa, você motivará o seu colaborador.

5. Estude seus clientes

Seu cliente é um campo de observação contínua. Ninguém precisa ser melhor estudado do que ele, afinal, sem demanda identificada, não há o que ser suprido.

Qual é a real expectativa do seu cliente? Quais são seus gostos e desgostos? O que ele aprecia? O que soaria para ele como algo necessário e inovador? Vá atrás dessas respostas.

Se os seus clientes encontram dificuldades para se locomover até sua loja física e efetuar a compra, por que não cogitar a ideia de atendê-los com serviço de entrega? 

Um delivery não está limitado a empresas que trabalham com alimentos. Se o seu nicho é composto por executivos e você carteiras, enviar um mostruário por e-mail apresentando seus novos modelos pode ser uma boa opção?

Ao estudar o perfil do público alvo, as empresas se tornam gigantes de mercado com conceitos simples. A Netflix, por exemplo, percebeu que as pessoas gostariam de assistir séries e filmes sem precisar locar ou fazer download ilegais. A marca Uber encontrou as deficiências dos serviços de táxi e investiu em um sistema particular e mais barato. E você? O que planeja suprir?

6. Mate o próprio negócio se for preciso

Há também um grande número de empreendedores que enxergam caminhos fantásticos, mas não conseguem reunir coragem suficiente para reposicionar a própria empresa.

Se você administra uma empresa de pequeno ou médio porte, saiba que elas têm mais flexibilidade para mudar o rumo do negócio, caso seja necessário. Em casos como esse, os impostos e questões legislativas nem se compararam com as dificuldades de uma organização grande.

Isso quer dizer que mudar de foco nem sempre é um bicho de sete cabeças. Aliás, pode ser muito menos trabalhoso do que você algum dia cogitou. Que tal planejar e experimentar?

7. Não tenha medo de cometer erros

Erros também fazem parte do jogo e uma consciência mais aberta torna o ambiente de trabalho mais propício às ideias inovadoras. Não inovar por medo de se prejudicar é uma falha comum entre os empreendedores brasileiros.

Concentre-se nos novos comportamentos do cliente, pois é por esse caminho que a inovação anda. Por sua vez, nenhuma mudança costuma ser bem recebida de início. Contudo, ela pode abrir caminho para uma grande transformação. E transformações são indispensáveis para quem quer crescer e sobreviver no mercado.

Gostou de saber como inovar seu negócio? Então leia nosso artigo sobre como cortar gastos na sua empresa de maneira eficiente!

Facebook Comments

Sobre Osmar Lopes

Osmar Lopes
Osmar Lopes, atualmente CEO na empresa o Rei das Alianças, criou o blog O Sócio com o desejo de compartilhar experiências vitoriosas sobre como transformar um negócio praticamente falido em sucesso absoluto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *