ter/07/20
Notícias de Última Hora

Medo de empreender? Livre-se disso

O medo de empreender costuma impedir muitas pessoas que tem ideias para criar negócios incríveis, mas preferem evitar o calafrio de iniciar algo novo.

Algumas delas chegam a cogitar a criação de parcerias ou até colocam no papel as metas relacionadas ao sonho. Mas então, acabam dando ouvidos aos pensamentos negativos ou às notícias sobre a crise financeira.

Empreender tem seu lado traiçoeiro e exige preparo para lidar com riscos e transformações para conseguir expansão, estabilidade e impulsos ainda maiores.

Sentir medo de empreender não é nenhum pecado. O errado é permanecer paralisado e não correr atrás da realização dos seus sonhos.

Se você quer ter uma empresa bem-sucedida, mas não sabe como se livrar do receio de que tudo dê errado, é hora de encarar seus desafios. Este texto é para você. Continue acompanhando e aprenda como se livrar do medo de empreender.

Os 3 medos principais

Antes de falar sobre as dicas que poderão te ajudar a abrir seu negócio de uma vez por todas, vamos abordar os principais medos que atingem os futuros empreendedores.

Nada melhor do que identificar o problema antes de oferecer a cura, certo? Faça uma análise dos tópicos a seguir e veja se você se encaixa em algum dos quadros.

Medo de perder o dinheiro investido

Um dos maiores terrores dos novos empreendedores é o capital financeiro. Afinal de contas, todos dizem que é preciso ter uma boa quantia de dinheiro para começar um negócio.

Muitas vezes a pessoa até possui uma reserva de dinheiro para começar, mas as preocupações logo começam. E se der errado? E se eu esgotar a poupança em vão? E se eu nunca encontrar um investidor?

Medo de não ter a competência requerida

Esse medo é aquele que aflige as pessoas que se sentem menores do que o desafio. A principal dúvida que surge é se o produto ou serviço idealizados será bom o suficiente para ser competitivo. Muitos iniciantes querem começar oferecendo o melhor, e não aceitam imperfeições.

Medo de ficar sobrecarregado

Todo mundo sabe que a vida de empreendedor não é fácil e exige dedicação. Existe um bom número de pessoas com receio da sobrecarga de tarefas porque já executam outras atividades e não imaginam como poderiam conciliar tanta coisa ao mesmo tempo.

O medo de iniciar um negócio e perder o dinheiro investido para sempre por não conseguir garantir a entrega do tempo necessário para administrar a empresa também faz com que muita gente desista antes de começar.

Além desses, existem outros como o medo do desconhecido, medo do despreparo para liderar, falar em público e outras dificuldades que fazem você perder a ideia do que esperar.

Já diagnosticou o que mais te afronta a ousar no mercado empreendedor? Então está na hora de lutar contra isso.

 

Como vencer o medo de empreender

Invista no auto preparo

O temor por não se sentir pronto para encarar os desafios da administração de uma empresa é absolutamente normal e até mesmo bem-vindo, desde que ele te instigue a se preparar.

Estude com foco na gestão do empreendimento, buscando conhecimento do mercado desejado, analisando a concorrência, aprendendo sobre finanças e até mesmo sobre conceitos de marketing.

Faça o possível para explorar o seu ramo de atuação. Esteja presente em cursos e eventos sobre empreendedorismo.

Muitas empresas quebram por falta de planejamento. Por isso, procure conhecer as ferramentas de gestão que auxiliam nas etapas do negócio e visualize sua empresa antes dela realmente existir.

Quanto mais você conhecer seu mercado, mais firme ficará diante do medo do desconhecido. Só depende de você.

Esqueça os obstáculos e foque nas metas

Quando planejamos uma conquista, é muito comum já partir para as anotações de quais serão as barreiras distribuídas pelo caminho. Esse é um grande erro que só serve para alimentar a vontade de desistir o quanto antes possível.

Se você quer dar vida a um projeto, mantenha o foco nos principais objetivos traçados. Os obstáculos virão, mas eles não podem ser maiores do que o prêmio final.

Se você tem um planejamento detalhado, não despreze-o por conta de uma crise anunciada. O correto é investir nas ações ligadas ao desenvolvimento do negócio com persistência.

Como um ditado popular diz: “muito dinheiro troca de mão no meio da crise”. Isso significa que se você ajustar o seu foco, poderá enxergar oportunidades preciosas que ninguém está vendo. 

Busque aconselhamento

Os maiores empreendedores da história empresarial sempre consideraram a importância do aconselhamento. Portanto, converse com empresários que já trabalham na mesma área e mantenha-se em busca de encontrar exemplos a serem seguidos.

Um bom aconselhador pode atuar como uma fonte de informações necessárias, te ajudando a tomar decisões e diminuindo suas margens de erro.

A Internet nem sempre trará todas as respostas que você precisa. Assim, quando bater uma dúvida crucial, vá atrás de aconselhamento com alguém de peso, que possa te ajudar a fazer com que você esqueça o medo de empreender.

Ouvir relatos de empresários que vivenciaram dificuldades reais antes de desfrutar da prosperidade do negócio te ajudará a perceber que o medo atinge até os administradores mais preparados. Por isso, valorize essa troca.

Trabalhe com o que você ama e acredita

A melhor oportunidade de negócio que você vai conseguir estará relacionada a uma atividade que você ama. Leve isso em conta na hora de pesquisar o mercado e ponderar sobre o seu ramo de atuação.

A afinidade pode ser uma boa arma contra o medo de empreender, assim como a autoconfiança é fundamental para quem vai lançar um produto começando do zero.

Se nem você puder levar fé no seu negócio, como pretende vender? Qual discurso você usará para conquistar clientes se não acredita no próprio serviço oferecido? Como atrair investidores para um produto que você não gosta e nem enxerga um propósito que valha a pena? Bem complicado, não é mesmo?

Dê um passo de cada vez

Sabe aquele medo de não dar conta do recado e acabar sobrecarregado com a quantidade absurda de tarefas? Ele pode ser eliminado com a consciência de que você precisa dar um passo de cada vez. 

Você não precisa esperar para comemorar apenas as conquistas mais espetaculares da sua empreitada. Pelo contrário! Valorize cada vitória e passe a ver as coisas pelo lado positivo.

Ter a melhor loja online pode ser um sonho, mas não precisa ser necessariamente o objetivo inicial.Todo início pressupõe passos humildes, mas com profissionalismo, garra e seriedade.

Além disso, ao começar com pouco, fica muito mais fácil de refazer seus planos caso alguma coisa dê errado ou até mesmo se você enxergar a possibilidade de mudar a atividade principal da empresa.

E agora?

Agora é só continuar! O empreendedorismo é tomado pelas pessoas que estão preparadas e dispostas para sentir receio, aprender com isso e dar a volta por cima.

Em vez de fugir amedrontado, abrace suas dificuldades e use-as como um impulso para buscar mais preparo, aprendizado e inteligência emocional.

Se você gostou desse artigo e está pronto para expulsar o medo de empreender, confira nosso artigo sobre o que montar em 2018 e se inspire com as tendências do mercado!

Facebook Comments

Sobre Osmar Lopes

Osmar Lopes
Osmar Lopes, atualmente CEO na empresa o Rei das Alianças, criou o blog O Sócio com o desejo de compartilhar experiências vitoriosas sobre como transformar um negócio praticamente falido em sucesso absoluto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *