qui/05/20

Quais são as expectativas do mercado de trabalho para 2019?

Chegou a melhor época do ano para fazer uma análise de nossas conquistas, ações e resultados. Aproveitando a reflexão necessária na vida pessoal e profissional, o ideal é pensar sempre à frente. Você já sabe quais são as expectativas do mercado de trabalho para 2019?

Neste artigo, você entenderá um pouco mais sobre o resultado de 2018 na esfera trabalhista, e como ele se projeta nos meses adiante. Continue acompanhando e aproveite nossas dicas.

Cenário econômico

Segundo o Boletim Focus do Banco Central, o PIB terá uma alta em até 2,5% durante 2019. Ou seja, o país passa a ter mais poder de compra, com mais grana circulando e empreendimentos mais lucrativos.

As consequências para o mercado de trabalho são positivas, porém, fique atento! O mesmo boletim revelou que a inflação permanecerá acima da meta (estimada em 4,11%). Além disso, a previsão é de que a taxa básica de juros (Selic) aumente de 6,50% para 8%.

Na prática, será mais caro obter crédito para o seu negócio. Quem depende de insumos importados sofrerá para garantir preços mais competitivos.

Reformas públicas

Pela ótica da recuperação econômica, a reforma tributária e a da previdência poderão ser grandes aliadas ou poderosas rivais. Há questões delicadas envolvendo ambas e o momento é incerto.

O novo governo tem apoio popular e cabe ao empreendedor acompanhar as mudanças de perto e se preparar para todo tipo de consequência. Sendo assim, o ano de 2019 será marcado pelo planejamento e reestruturação tanto para profissionais quanto para empregadores.

Índice de desemprego

Quanto ao índice de desemprego, as expectativas do mercado de trabalho para 2019 não são as melhores. O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) continua em oscilação dentro do mesmo patamar elevado durante 2018. Esse apontamento reflete as turbulências do mercado de trabalho e da elevada taxa de desemprego no país.

Para que haja uma queda do ICD, o nível de atividade e contratações no mercado precisa passar por uma melhora robusta.

Qualificação profissional

A tendência é que as vagas de nível sênior, antes ocupadas por profissionais mais juniores, sejam estabelecidas para pessoas mais qualificadas.

Quanto mais as empresas retomarem os investimentos e iniciarem novos processos seletivos, mais ainda será exigido que os candidatos estejam prontos para assumir os postos de trabalho.

Vale dizer que, por conta do momento no país, os profissionais com perfil mais comercial e voltados para planejamento de finanças serão bem disputados.

Dica para investidores

Sabe aquela palavra que ficou famosa em 2018? Gourmetização. Pois é. O processo de diferenciação continuará em alta. Se destaque pela diferença. Os produtos que não pensam fora da caixa e não apresentam soluções inovadoras estão ficando para trás.

Ingredientes exclusivos, serviços com um toque a mais, materiais únicos. Cada vez mais os clientes preferem as marcas com um diferencial visível. E, aqui, não estamos falando da marca ser “diferentona”, mas ter qualidade na diferenciação.

Agora que você já conhece as expectativas do mercado de trabalho para 2019, que tal tirar suas dúvidas sobre o Home Office? Afinal, essa é uma modalidade de trabalho que ganhou muita força em 2018 e promete continuar a todo vapor nos meses seguintes.

Facebook Comments

Sobre Osmar Lopes

Osmar Lopes
Osmar Lopes, atualmente CEO na empresa o Rei das Alianças, criou o blog O Sócio com o desejo de compartilhar experiências vitoriosas sobre como transformar um negócio praticamente falido em sucesso absoluto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *