seg/11/19
Notícias de Última Hora

Como fornecer para empresas grandes sendo microempreendedor

Um microempreendedor que sonha alto com certeza já pensou em fornecer para empresas grandes. Afinal, contratos com companhias fortalecidas são sinônimos de um ótimo faturamento e expansão de operações.

Se você é um empreendedor de pequeno porte e quer saber o que é preciso fazer para chegar lá, continue acompanhando minhas dicas neste artigo.

O desafio de atender a critérios exigentes

Quem quer fornecer para empresas grandes já está diante de um desafio por si só. Principalmente, se for microempreendedor. No entanto, desafios precisam ser vistos como oportunidades, não é mesmo? Algumas empresas vão chegar lá. E você só fará parte desse grupo SE atingir aos critérios necessários, por mais exigentes que eles pareçam.

Na maioria das empresas grandes, o processo de avaliação de fornecedores se inicia com o cadastramento da sua empresa no site. Estamos falando de etapas bem estruturadas, que vão demandar paciência e organização.

Depois de cadastrado, caso a companhia deseje adquirir o tipo de produto ou serviço que você oferece, será aberto um tipo de licitação o qual você será convidado para tentar fechar a parceria.

O processo de cadastro tem o objetivo de verificar se a sua empresa está em conformidade com as leis ficais, trabalhistas e tributárias. Além disso, será verificada a saúde financeira do empreendimento, bem como outros critérios que atestam as forças e riscos do negócio.

Como aumentar as chances de fornecer para empresas grandes?

Já sabendo do desafio que será cumprir as exigências do cadastro, você está pronto para conhecer algumas dicas que ajudarão você a chegar lá. Vamos a elas?

Tenha certificações

Um bom certificado pode colocar sua empresa à frente dos concorrentes. Portanto, procure saber quais são as certificações mais importantes em sua área de atuação e corra atrás de obtê-las.

Já é comum no mercado encontrar PMEs participando do processo produtivo de uma grande empresa para atender a uma demanda específica. Elas são cadastradas como fornecedoras justamente porque obtém boas certificações.

Um certificado padronizado, como o da ISO 9001, funciona como um verdadeiro carimbo que certifica o diferencial da sua empresa. Corra atrás.

Valorize sua estrutura

Ainda que seu negócio não seja dos maiores, faça questão de valorizar sua estrutura. Sua empresa deve estar estruturalmente pronta para atender qualquer demanda de modo maduro e eficiente. Portanto, conheça muito bem seus números e capacidade de produção.

Tenha um portfólio interessante

O portfólio de serviços com aparência profissional é essencial. Só consegue fornecer para empresas grandes quem demonstra confiança e credibilidade.

Sugiro que você elabore um material em PDF, com boa formatação e que possa ser enviado por e-mail. Se puder, contrate um designer para cuidar do aspecto desse material, pois ele falará muito sobre sua empresa.

Aproveite para descrever cases de impacto positivo e resultados conquistados dentro do segmento. Seja breve e o mais verdadeiro possível.

Acredito que se você seguir essas dicas, você já garantirá vantagem competitiva no processo de cadastramento como fornecedor. Lembre-se que, na hora de se cadastrar no site da empresa desejada, você se esbarrará com uma série de solicitações para avaliação do seu negócio.

É melhor que a área financeira esteja bem organizada, assim como todas as outras. Assim você será poupado de entraves e outras decepções.

Agora que você já sabe mais sobre os principais passos para, de fato, fornecer para empresas grandes, que tal conhecer os melhores meios para melhorar o processo seletivo em sua empresa?

Facebook Comments

Sobre Osmar Lopes

Osmar Lopes
Osmar Lopes, atualmente CEO na empresa o Rei das Alianças, criou o blog O Sócio com o desejo de compartilhar experiências vitoriosas sobre como transformar um negócio praticamente falido em sucesso absoluto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *