qui/05/20

5 dicas de marketing digital para pequenas empresas

A Internet trouxe uma transformação radical na maneira como as empresas se relacionam com os seus clientes. Garantir o controle das técnicas de marketing digital para pequenas empresas não é uma tarefa fácil. Ainda assim, será que você tem enxergado o valor real dessas ferramentas?

Mesmo com toda essa imersão tecnológica, existe um número alto de empresários que não sabem muito bem como utilizar as mídias a favor do seu empreendimento, achando que marketing é só para empresa grande.

Independentemente do tamanho do seu negócio, quem está atrás do volante empreendedor precisa entender que o consumidor está passeando todos os dias pelas ruas da Internet. Quem estiver usando a estratégia certa, terá mais chances de ser visto.

Por isso, separamos 5 dicas incríveis de marketing digital para pequenas empresas. Você está pronto para trabalhar em prol do fortalecimento da sua marca em ambiente online? Então leia este artigo e prepare-se para as transformações!

1. Eduque sua audiência

Mais de 50% da população brasileira, segundo o IBGE, se conecta à rede de forma ativa. Esse percentual representa nada mais nada menos que 100 milhões de brasileiros de todas as faixas etárias, regiões, estilos de vida e qualquer outro denominador comum.

O primeiro passo a ser dado deve ter o objetivo de estudar sua audiência. Isso porque, no primeiro contato com a marca, a maior parte dos consumidores permanecerá indecisa quanto ao que comprar ou qual produto ou serviço melhor atende suas demandas.

Um cenário como é esse não pode ser visto como problema. Pelo contrário! Trata-se de uma oportunidade para que você molde o seu público. Introduza não apenas o que produto ou serviço final, mas todo o conceito e diferenciais que caracterizam a sua marca.

Na jornada de compra do cliente, todos os passos são muito importante. Como as pessoas costumam fizer por aí, a primeira impressão é a que fica. Portanto, capriche na sua identidade visual para causar um resultado positivo e estratégico.

2. Monte um plano de marketing digital para pequenas empresas

Se o plano de negócios e o tributário são importantes para um empreendimento, o planejamento de marketing não fica distante.

Nesse tipo de trabalho, é importante prever os passos que serão dados de acordo com a realidade orçamentária do negócio, explorando sempre a criatividade e o quanto se conhece a respeito do público-alvo.

Um bom plano de marketing precisa contar com um cronograma que aponte um responsável para cada tarefa. Ele deverá andar de acordo com o posicionamento da empresa. Nele, defina os objetivos, as estratégias e as metas de comunicação.

Se você tem uma loja de roupas e quer dar os primeiros passos na internet, por exemplo, pouco adiantará investir em uma plataforma que não possui opção para pagamento online.

Nesse caso, se você não tiver como bancar a construção de uma loja virtual própria, poderá optar por lojas compartilhadas ou redes sociais que permitem o processo de venda, como o Facebook.

Invista na análise dos fatores externos e internos que influenciam na performance da sua empresa. É importante conhecer o mercado e, mais ainda, o comportamento de compra do cliente.

Outra dica importante é manter os olhos abertos nos passos que os seus principais concorrentes estão dando com relação às ações de marketing.

Muitos micro e pequenos empresários da internet acabam perdendo pela falta de organização e informação. Por isso, não pule a etapa do planejamento. Se faltar conhecimento, busque ajuda em blogs, fóruns e instituições como Sebrae.

3. Aposte no inbound marketing para atrair público

Como você viu, uma das partes do planejamento de marketing é definir que ações farão parte da sua estratégia. Ainda nesse quesito, vale a pena dizer que o inbound marketing é a tendência do momento.

Empresas que estão chegando na Internet não vão ganhar muita coisa ao empurrar anúncios para os possíveis clientes online. Em vez disso, você pode apostar em produzir conteúdo relevante. Posts em blogs e vídeos são opções interessantes, assim como outras mídias com alta capacidade de atração orgânica.

A melhor forma de criar e fortalecer sua presença online atraindo o público certo é gerando conteúdo de qualidade. Uma alternativa para empresas com um porte reduzido é a contratação de profissionais freelancers.

Outra maneira muito aceitada pelo usuário do outro lado da rede é oferecer ajuda a quem precisa lidar com problemas específicos, que a sua empresa pode resolver. Essa é a famosa maneira de determinar sua autoridade em um segmento.

4. Calcule o Retorno sobre Investimento (ROI)

Depois que você defina os pontos citados acima com precisão, é hora de acompanhar o efeito do seu investimento. Antes isso, você deve saber:

  • quem é o seu público-alvo;
  • qual efeito você espera receber pelas ações executadas;
  • quanto você tem para gastar;
  • quais serão as suas ações.

Uma dos grandes benefícios do marketing digital para pequenas empresas é a possibilidade de calcular com clareza o ROI, notando o resultado de cada semente na mesma medida em que implantada.

Além de contar com a resposta e relatório que as próprias redes sociais oferecem, tenha uma planilha para organizar os números atingidos e compará-los com o objetivo definido. Assim, você poderá a calcular o impacto do esforço feito para divulgar a marca.

O Retorno sobre Investimento serve para você mensurar a renda de todas as suas campanhas de comunicação, verificando se os recursos estão sendo colocados no lugar certo.

Para saber qual é o ROI, subtraia os ganhos dos valores empregados, e depois divida por esta quantia. Assim, você obterá o cálculo dos lucros angariados.

5. Contrate um profissional especializado

Vale lembrar que se uma organização com pouco dinheiro mas com boas estratégias visuais pode ficar a páreo na competição com empresas maiores. Afinal, o marketing serve exatamente para vender uma imagem oferecendo uma abordagem capaz de persuadir o público determinado, quem quer que ele seja.

Nesse desafio, é importante garantir que alguém especializado fique à frente das ações. Um profissional que já está acostumado a desenvolver táticas de comunicação para empresas está antenado às tendências de mercado e consegue se desviar de armadilhas

Todos sabemos que as pequenas empresas não podem direcionar um orçamento grande para essa área. Entretanto, quando você não conta com profissionais, corre o risco de perder todo o investimento.

Se a sua organização ainda não tem presença na Internet com uma página ou perfil nas principais redes sociais, é hora de repensar seu planejamento e tomar os primeiros passos.

Se você gostou de conhecer nossas dicas de marketing digital para pequenas empresas, que tal descobrir mais sobre o poder do marketing olfativo em seu negócio?

Facebook Comments

Sobre Osmar Lopes

Osmar Lopes
Osmar Lopes, atualmente CEO na empresa o Rei das Alianças, criou o blog O Sócio com o desejo de compartilhar experiências vitoriosas sobre como transformar um negócio praticamente falido em sucesso absoluto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *